27/07/2015

Episódio 3 – Temperos (Qual usar?)

Olá pessoal, tudo bem?
Um dos itens da nossa lista de compras são os temperos. No mercado você encontra mil opções. Prontos, do tipo caldo Knorr e as ervas. Não utilizo temperos prontos, então sempre fico com as ervas. O que fica bom em cada prato e as quantidades eu aprendi testando. Com o tempo você pega a prática. Outra coisa essencial, prove sua comida, prove o tempero. Não tenha nojo! Por enquanto é a única forma de saber se ficará bom! Outra dica: comece utilizando pouco tempero. Tempero é questão de gosto pessoal, colocarei uma lista de alguns tipos, e em quais alimentos utilizar.

http://www.bolsademulher.com/pink/temperos-de-ervas-e-especiarias

 
Temperos prontos: Sazón, Caldo Knorr e etc.
http://www.paodeacucar.com.br/produto/111995/caldo-de-galinha-knorr-114g-com-12-cubos


Parei de utilizar temperos pronto há um tempo, e prefiro as ervas. Se você não gosta deste tipo, pule esta parte, mas também entendo que é uma forma prática, para quem não tem tempo, ou não tem nenhuma restrição com relação ao sódio ou aos outros ingredientes.

No final do post vou dar uma sugestão de tempero caseiro, conservado na geladeira que é muito prático e é uma forma de fugir desses temperos artificiais.

Ajinomoto – Esta marca possui o famoso tempero Sazón, em pó e tem vários sabores: Legumes, arroz branco, massas, feijão, sabor do nordeste, salada, frango, carne, alecrim, alho, limão. Atrás da embalagem tem especificações de como usar. É bem simples, se for arroz basta jogar o tempero na água na hora do cozimento. Carne, basta passar o pó pela carne. Outros temperos da Ajinomoto é o Receita Caseira, Sabor a Mi, Caldo Sazón.


Caldo Knorr – Quando eu era pequena, só dava ele...rs. A marca possui caldos em cubo, tem sabor galinha, carne, feijoada, bacon, alho e cebola, costela, picanha, legumes. Segue a mesma linha da Ajinomoto. A Knorr também possui os temperos: meu arroz, meu feijão, meu assado, meu filé de peixe, e etc., estes são em pó. A forma de utilizar é a mesma do anterior.



Outras marcas tem o mesmo tipo de produto, como a Maggi, Arisco e etc.

Como eu disse antes não gosto deste tipo de tempero, sei que faz mal, mas utilizar ou não fica a seu critério.
Temperos Naturais
http://www.casacamponesa.com.br/temperos/cheiro-verde.html


Esses são meus preferidos. Existe uma variedade. Vou comentar de forma simples e rápida sobre alguns e depois falar sobre o tempero básico que utilizo em alguns pratos.

Alho, cebola e sal: o básico do básico. Vai com tudo! Amasse o alho e pique a cebola para temperar feijão, arroz, frango, carne, peixe, molhos e etc.

Coentro: A folha fresca é indicada para peixes e frutos do mar. O sabor é forte. O aroma é muito bom. Use uma pequena quantidade. Experimente! Em sopas também fica uma delícia.

Manjericão: Encontra-se fresco ou seco. É aquele que tem normalmente na pizza além do orégano. Gosto de colocar em molhos para macarrão. Em saladas também fica bom, este tempero combina muito com tomate.

Orégano: Este sempre lembra pizza, né! Compro orégano seco e gosto de utilizar em molhos de tomate também.

Cominho: pó marrom, com gosto e aroma forte. Utilize pouco tempero. Fica uma delícia em carnes, peixes e frango. Também gosto de usar no tempero do feijão.

Pimenta do Reino Preta: Encontrada moída ou em grãos. Sempre compro a moída, utilizo uma pequena quantidade no frango, molhos, peixe e carne. Esta não é super ardida!

Curry: Outro tempero com sabor forte, ou você gosta ou não. É feito à base de pó amarelo de açafrão-da-índia, cardamomo, coentro, gengibre, cominho, casca de noz-moscada, cravinho, pimenta e canela. Utilizo no frango, quando quero um sabor diferente. Lembre-se, use uma pequena quantidade. Acho o sabor exótico.

Pimenta Calabresa: encontrada seca, deixa um sabor picante nos pratos. Utilize com muita moderação.

Alecrim: Tem aroma e sabor forte (minha opinião). Use com moderação. Coloque uma pequena quantidade em carnes, peixe, frango, arroz.

Cheiro Verde: É a mistura da cebolinha e salsinha. Compre fresco. O sabor é leve e vai com tudo, arroz, feijão, macarrão, molhos, omelete, batatas cozidas. Lave o cheiro verde, pique e pronto. Jogue por cima das batatas cozidas. Coloque no feijão. Misture no arroz. Se quiser ter sempre em casa, basta guardar picada em um pote no congelador e ir utilizando. Também é encontrado desidratado.

Louro: Encontrado em folhas verdes, secas ou em pó. Prefiro comprar no mercado um pacote com folhas secas. Utilizo no tempero do feijão e frango. Basta lavar a folhinha e colocar na panela na hora do cozimento.

Limão: Fica uma delícia no tempero de frango, peixes e saladas.

Sal light: possui baixo teor de sódio e sabor mais suave.


Sugestões

-Nunca compre ervas em grandes quantidades, pois perdem o sabor.

- Menos é mais. Prove a comida!

-Fuja de temperos artificiais.

- Se você não tem prática, não misture muito os temperos.

-Conserve as ervas em vidros bem tampados.

- Prefira aquelas ervas de saquinhos de mercado. Já comprei ervas em lojas por peso e quando fui ver estava com larvas! Isso mesmo!!! Acredito que seja a conservação.

Já postei uma receita de tempero caseiro que leva, alho, cebola, azeite, cheiro verde, e sal (Aqui). Faço uma quantidade para usar durante uma semana! Só conservar na geladeira.

 
Meus temperos básicos

Frango: alho, sal, limão, pimenta do reino, azeite.

Peixe: alho, sal, limão, coentro.

Carne: alho, sal, azeite. (Às vezes utilizo cominho também)

Feijão: Alho, sal, azeite, louro.

Arroz: alho, sal, azeite. (Às vezes faço arroz sem tempero, explicarei o porquê nos próximos posts.)

Para mais informações sobre temperos: http://www.casaspedro.com.br/temperos.htm

No próximo post vou falar um pouco sobre feijão, como cozinhar, temperar, congelar. Espero vocês gostem. Dúvidas e sugestões, só deixar um comentário.
Abraços,
  Nathália NaTelha

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário